Programação do Evento

 

A Mostra de Ciências estará aberta para visitação do dia 24 ao dia 27 de Outubro. Pela manhã as atividades ocorrerão entre 8h e 12h. Na parte da tarde, entre 13h30 e 17h e no período noturno entre 18h e 20h, exceto no dia 27, quando não haverá atividades a noite.

As salas temáticas são as seguintes (As atividade com * não ocorrem no período noturno):

Museu de Minerais e Rochas

(Funcionamento: 24, 25 e 26 entre 13h30 e 18h)

O Museu de Minerais e Rochas è um espaço do Dpto. de Oceanografia, localizado no prédio IC2 do Centro de Ciência Humanas e Naturais (CCHN), no campus de Goiabeiras da UFES. O museu também funciona como sala de aula de geologia e mineralogia para vários cursos da UFES e nele também são desenvolvidas atividades de pesquisa e de extensão, esta última objetivando atender visitas de escolas de ensino fundamental , médio e superior, em atividade complementar extra classe. Atende também a estudantes em seus trabalhos de pesquisa, pessoas interessadas em identificação de amostras de minerais e rochas e ainda ao público apenas para observar as amostras. Além da coleção do Museu, exposta em vitrines com textos informativos, há também uma bancada com amostras dos materiais relativos aos conteúdos trabalhados em aulas e diversas curiosidades mineralógicas, onde os visitantes interagem com os monitores, manuseiam amostras e realizam experiências, algumas delas com atividades lúdicas.

1 – Exposição da coleção do Museu, que inclui rochas, minerais, gemas, fósseis, petróleo, carvão mineral e minérios usados nas indústrias.

2 – Exposição de uma coleção didática sobre minerais formadores de rochas, rochas magmáticas, sedimentares e metamórficas, que faz parte de conteúdos trabalhados em ensino fundamental e médio, nas disciplinas de geografia e ciências.

3 – Exposição de petróleo e derivados e de curiosidades minerais, com atividades interativas com o público.

4 – Exposição com figura de uma casa e dos materiais minerais usados na construção e seus processos de fabricação, como tijolos, telhas, concreto, ferro, reboco, cimento, etc.

5 – Exposição de minérios e seus metais, fluxogramas de uso dos minérios nas indústrias como siderúrgica, cerâmica, do cimento, do vidro e outras.

6 – Vídeos sobre erupções vulcânicas, tectônica de placas e outros.

______________________________________________________________________

Estatística para Todos

Nesta edição da Mostra de Ciência do CCE, o Laboratório de Estatística e Computação Natural – LECON – do Departamento de Estatística irá coordenar o espaço “Estatística para todos”, no qual serão executadas atividades interativas utilizando conceitos básicos de Probabilidade e Estatística, visando abordar ideias do uso e da importância da Estatística no dia a dia.

Que tamanho de luvas vou fabricar?: Medidas do palmo da mão direita de todos os passantes, que anotarão suas próprias médias num gráfico (separado por gênero), ativando o pensamento estatístico na direção da distribuição de uma característica (comparando os gêneros), da variabilidade e da posição;

Pesquisa eleitoral: bolinhas em pás com diversas quantidades de orifícios simulando amostras com essas quantidades de pessoas de uma população para intenção de voto para as eleições com 2 candidatos (bolinhas vermelhas e brancas) – os resultados são colocados numa planilha bem visível para mostrar o padrão de comportamento das estimativas obtidas nas amostras de diferentes quantidades de eleitores;

Quantos doces tenho na tigela?: O objetivo desta atividade é explorar e introduzir conceitos básicos de amostragem aleatória simples e estimação de quantidades desconhecidas;

Estou com sorte no baralho?: São trabalhados os conceitos de aleatoriedade e as ideias básicas de medidas descritivas como média, mediana e moda;

Visitemos um amigo: O objetivo da atividade é desenvolver ideias acerca da incerteza e de certos padrões ligados à aleatoriedade;

Tábua de Galton: O objetivo desta atividade é estimular a pensar no formato que surge e compará-lo com os formatos encontrados nas atividades Que tamanho de luvas vou fabricar? e Visitemos um amigo propostas nos itens acima;

A natureza tem um padrão?: Apresentação de exemplos diversos de diversos padrões encontrados na natureza;

Jogos de dados: Comparação de resultados ao jogar dados – tanto honestos como viciados;

Problema de Monty Hall: O objetivo desta atividade é estimular a pensar na vantagem de tomar decisões, considerando ou não, informações adicionais. Serão apresentados os padrões de escolha dos jogadores que obtiverem sucesso;

Sou bom no jogo de dardos?: O objetivo desta atividade é explorar e introduzir conceitos básicos da inferência estatística como precisão, dispersão e viés.

______________________________________________________________________

M​atemática & Arte​​*​

Divulgação da Matemática através de exposição e criação de obras de artes. Os alunos poderão manipular quebra cabeça para o estudo das isometrias, recriando desenhos de M. C Escher e também produzir fotografias divertidas com o estudo de perspectiva, partindo das fotografias de Sebastião Salgado.

______________________________________________________________________

Matemática, Música e Fractais*

Divulgação através de experimentos, vídeos e pôsteres: da Teoria de Fractais, sua aplicação na ciência, tecnologia e arte gerada em computador, e como ela se apresenta na natureza; também evidenciar a teoria matemática envolvida na música e sua definição.

______________________________________________________________________

Vídeos e experimentos de matemática

Sessão de vídeos de curta duração intercalados com perguntas, experimentos e atividades lúdicas ligadas aos temas propostos.

Sessão 1: Abelhas matemáticas. O nascimento das abelhas. Porque as abelhas fazem o mel? Porque os casulos tem a forma de um hexágono? A matemática das abelhas e o volume dos sólidos. Sessões a cada meia hora na terça, dia 24, de 9 às 12h  e na quarta, dia 25 de 14 às 17h.

Sessão 2: A matemática dos coelhos. A relação de Fibonacci com a reprodução dos coelhos. O padrão de Fibonacci na natureza. Vamos contar coelhos e nos maravilhar com a beleza do desenho da natureza... Sessões a cada meia hora na terça, dia 24,  de 14 às 17h e na quinta, dia 25, de 9 às 12h.

Sessão 3 : Os números da música. Números diferentes, sons diferentes. As notas musicais dos números. Vamos aprender a construir uma tábua de cordas e a produzir sons musicais com tapas no corpo. Sessões a cada meia hora na quarta, dia 25, de 9 às 12h. e na quinta, dia 26, de 14 às 17h.

Sexta feira, dia 27 teremos 2 sessões de meia hora, para cada tema, das 9 às 12h.

Público Alvo: alunos do ensino fundamental

______________________________________________________________________

Jogos matemáticos*

Divulgação e popularização de jogos matemáticos: Mesa de sinuca e o uso de geometria no jogo; Triciclo de rodas quadradas;

Jogos Matemágicos; Tangram; Jogo de Hanói, material dourado, etc.

______________________________________________________________________

Popularização da matemática*

Divulgação e popularização da matemática. Mostras de ferramentas para o ensino formal e não formal da Matemática:material impresso, brinquedos educativos, experimentos, vídeos, etc.

______________________________________________________________________

Mistérios da Química (Transformações e Quantificação da Energia)

Tesouro amaldiçoado do pirata Alma Negra: reação quimioluminescente, catalisador.

Tornado luminoso: reação quimioluminescente.

Camaleão químico: reações químicas, nox, reações de oxirredução.

Transformação do vinho em água: reações químicas, nox, reações de oxirredução.

Reação relógio: reações químicas, reações de oxirredução, cinética química.

Varinha mágica: reações de oxirredução, combustão, termoquímica.

Combustão espontânea: reações de oxirredução, combustão, termoquímica.

Algodão pólvora: reação de nitração, combustão.

Gelo quente: solubilidade, saturação de soluções.

Pasta de dente de elefante: reações de oxirredução, catalisador, gases.

Pó químico nervosinho: reação de decomposição, termoquímica.

Teste de força: miscibilidade de compostos.

Fórmula secreta do Hulk: Equilíbrio ácido-base, reação reversível, solubilidade, catalisador.

______________________________________________________________________

BioAcústica

Inicialmente vamos utilizar um experimento para mostrar e discutir como o som é produzido. Em seguida, vamos mostrar a interação do som nas partes médias do ouvido humano, com o auxílio de um ouvido mecânico, ressaltando a proporção (matemática) de ampliação da perturbação mecânica proporcionada pela "alavanca" dos ossículos presentes no ouvido. Vamos utilizar também um protótipo ampliado do aparelho auditivo humano, para mostrar as diferentes partes do mesmo, bem como um crânio humano real plastinado, juntamente com os ossículos do ouvido. Por fim, vamos mostrar outros dois experimentos que nos permitem compreender o fenômeno de interferência sonora em um ambiente fechado e a produção de notas musicais em tubos de extremidade aberta.  

______________________________________________________________________

O movimento dos corpos (mecânica)

As leis que governam os fenômenos que vivenciamos em nosso cotidiano serão demonstradas através de experimentos que evidenciam os importantes conceitos introduzidos por Newton, Hook, Euler, Hamilton, e outros grandes pensadores.

A geometria do corpo e seu movimento de rotação: uma corrida ladeira abaixo

Desvendando o segredo do giro da bailarina em uma cadeira giratória

George o curioso: um primata em perigo

A cama do faquir

Navegar é preciso: o funcionamento do giroscópio

Maleta teimosa

Balançar com arte: produzindo curvas de Lissajous

O desafio do ano: força bruta X uma ideia inteligente

Máquina a vapor

______________________________________________________________________

Fluidos

Por que o avião sai do chão? Como tirar água de uma garrafa com eficiência? Por que o mergulhador deve subir à tona com cuidado e devagar? Os efeitos em materiais que chamamos fluidos são fascinantes e serão observados e explicados através de demonstrações que irão hidratar a sua mente!

Um furacão pelo ralo: a física dos vórtices

Na crista da onda: propagação e interferência de ondas

Areia movediça às avessas: fluido não newtoniano

A força que tem o ar: o efeito da diferença de pressão

Santos Dumont não faltava às aulas de física

______________________________________________________________________

Fenômenos Eletromagnéticos

"Não ponha o dedo na tomada!" Todos já ouvimos essa frase e agora chegou a hora de entender os porquês! Nesta sala temática vamos desmistificar os fenômenos eletromagnéticos para que sua mente não entre em curto-circuito.

Desvendando a indução eletromagntética:

parte 1: fazendo um ímã usando elétrons

parte 2: como um imã acende uma lâmpada

O motor elétrico

De arrepiar os cabelos: como usar eletricidade para fazer um penteado mais bonito

Relâmpagos: manipule cargas elétricas para produzir o seu próprio.

Bobina de Tesla

Visualizando linhas de campo: qual a cara do campo magnético

Propulsão eletromagnética: como usar electromagnetismo para mandar algo pelos ares

Freio magnético: uma aplicação da indução

Chocante: processos de eletrização

______________________________________________________________________

A natureza da luz (ótica)

Por que o pôr do Sol é alaranjado? Você sabia que o peixe sabe calcular o caminho que faz a luz na água? De onde vêm tantas cores? Nesta sala temática exploramos a natureza da luz e muitos dos efeitos que acontecem quando ela se encontra com a matéria... uma excelente reflexão.

Produzindo o arco-íris: a decomposição espectral da luz

Impressão digital dos elementos químicos: raias espectrais do mercúrio

Como duas janelas abertas deixam o ambiente mais escuro: interferência da luz

Refletindo: o funcionamento da fibra óptica

O que refrata não me atinge: um experimento com índice de refração variável

Ilusão de ótica

Ciência que parece mágica: usando a refração para desaparecer com objetos

______________________________________________________________________

Área externa

Espelhos de som

Lançando flechas: como alcançar o mais longe possível

Pressão na garrafa & batatas voadoras

______________________________________________________________________

Clube de Astronomia (CAES)

Clube de Astronomia do Espírito Santo

______________________________________________________________________

Explicando o universo (Astrofísica e Cosmologia)

De onde viemos? Pra onde vamos? O que está nos confins do espaço? Através de demonstrações conceituais vamos aprender sobre as leis que governam o nosso universo e discutir como entendemos o seu funcionamento.

A geometria do espaço e do tempo

______________________________________________________________________

Observação Astronômica e Visão

Caso o tempo esteja nublado de dia, vamos observar um alvo terrestre apresentado o telescópio e comparando-o à um olho gigante. Também é feito um exame de vista, desfocando e focando o espelho, identificando se a pessoa é normal, míope ou hipermétrope. Isso é interessante e importante porque várias pessoas, especialmente os menores, não sabem do problema e tem dificuldades em concentração.

Caso o tempo esteja limpo e o sol com manchas, daremos preferência  à observação solar (se tiver mais voluntários poderemos fazer os dois).

A noite, se o tempo permitir, é feita a observação dos astros, especialmente do planeta dos anéis, Saturno, a Lua e reconhecimento de constelações com apontador laser.

24/10 (local: frente a reitoria), 25 e 26/10 (local: junto com a Jornada de Extensão)

14h-16h30: Observação Solar e Visão

19h-21h: Observação Noturna (caso o tempo esteja nublado será cancelado)

______________________________________________________________________

Planetário de Vitória

Sessões para turmas de escolas:

Datas: 25, 26 e 27/10/2017

Horário: Matutino: das 9 às 12 horas;

Vespertino: das 14 às 17 horas.

Duração de cada sessão: aproximadamente 40 minutos.

Sessões: conforme escolha feita durante agendamento, dentre o conjunto de sessões oferecidas pelo Planetário, disponíveis em: <http://planetariodevitoria.org/programacao/>

Local: Planetário de Vitória

 

Atividades para o público em geral:

Data: 26/10/2017

Horário: 18 h, sessão de planetário "Reconhecimento do Céu Indígena"

Data: 27/10/2017

Horários: 19 h, sessão de planetário "Reconhecimento do Céu de Vitória"

             19:30 h, sessão de observação do céu com telescópio

Local: Planetário de Vitória

______________________________________________________________________

Show de Química

O Show de Química da UFES é uma apresentação experimental de Química de forma lúdica e teatral, no sentido de popularizar tal ciência e instigar a curiosidade científica nos alunos da rede escolar, professores e público em geral, servindo ainda como fonte de referência para trabalhos escolares. É conduzido pelo professor coordenador e alunos do DQUI dialogando entre si e promovendo uma interação com a plateia. Várias experiências fantásticas serão apresentadas, como reações quimiluminescentes, oscilantes, relógio, serpentes químicas, espoletas, flauta de hidrogênio, etc., onde alguns conceitos na matemática serão abordados nesta edição de 2017. O espetáculo base do Show de Química é realizado ao longo de 20 anos com mais de 130 apresentações distribuídas entre o estado do ES, RJ, SP e TO. Possui uma vasta cobertura na imprensa, entre entrevistas e vídeos, e já contou com a participação de dezenas de alunos do DQUI. A apresentação tem duração de uma hora, e é patrocinada pelo CNPq, com o apoio da UFES, CCE e DQUI. Quatro outras apresentações serão realizadas na SECT em outros municípios do estado (Vila Velha, Cachoeiro de Itapemirim, Afonso Cláudio e Linhares). Maiores detalhes sobre o evento consultar o site www.showdequimica.com.br. As atividades do Show de Química (apresentações e oficinas) integram a programação da 1ª Mostra de Ciências da UFES e da 14 a Semana Estadual de Ciência e Tecnologia do Espírito Santo.

Horários: Dia 24, 10h.

______________________________________________________________________

Show de Física

O Show de Física da UFES é uma apresentação de experimentos de mecânica, termodinâmica, ondas e magnetismo, em estilo teatral. É conduzido por dois locutores dialogando entre si e promovendo uma interação da plateia com os experimentos. O objetivo é despertar a curiosidade dos participantes para o entendimento dos fenômenos físicos apresentados durante o Show. As apresentações possuem duração de uma hora. Mais detalhes em www.showdefisica.org. As atividades do Show de Física integram a programação da XIX Mostra de Física e Astronomia da UFES, da I Mostra de Ciências da UFES e da 14a Semana Estadual de Ciência e Tecnologia do Espírito Santo.

Público alvo: estudantes e professores de ensino médio.

Local: Auditório do Centro de Ciências Exatas da UFES, Campus de Goiabeiras, Vitória-ES.

Horários: dia 24 às 14h e todos os outros dias às 10h e 14h.

Inscrições no site www.mostradeciencias.ufes.br   (limite de 250 alunos por apresentação)

 
Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910